Notícias Recentes

SUDOESTE | Polícia Federal deflagra operação em empresa da região

Imagem ilustrativa/arquivo

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira dia (05) a Operação Contenção, visando cumprir mandado de busca e apreensão e acompanhar procedimento de fiscalização da Agência Nacional de Mineração – ANM – em empresa de mineração de grafite localizada na zona rural da cidade de Maiquinique/BA, onde possui barragens de despejo de rejeitos de mineração.

ELEIÇÕES 2022 | ACM Neto avalia apoiar Bolsonaro em troca de verba

Sem essa de tanto faz! Depois de ver a debandada de prefeitos que o apoiaram no primeiro turno e com problemas de caixa para bancar mais quatro semanas de campanha, ACM Neto (União Brasil) avalia apoiar o presidente Bolsonaro no segundo turno, correndo o risco de perder parte importante do eleitorado de Lula que votou no ex-prefeito de Salvador.

DOIS RODANDO | Transporte coletivo: Vitória da Conquista amplia frota com seis ônibus articulados

A frota do transporte coletivo urbano de Vitória da Conquista passou a contar com mais um ônibus articulado com capacidade para 140 passageiros. O veículo, em operação desde essa segunda-feira, 3, é parte do planejamento da Coordenação de Transporte Público, da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) de incorporar seis articulados à frota até o final do ano.

ELEIÇÕES 2022 | Bolsonaristas entram em parafuso com vídeo do presidente com maçonaria

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – “Bom dia, amigos, eu vi uma notícia que nosso presidente é maçom, estou muito desapontado”. Esse é um dos comentário que exemplifica parte da decepção de alguns bolsonaristas em grupos de Telegram nesta terça-feira (4), quando um vídeo de Jair Bolsonaro (PL) discursando a maçons voltou a circular na internet.

BRASIL | Polícia Civil investiga suposto pastor que teria aplicado golpes de mais de R$ 4 milhões

Delegados Adailton Ribeiro Junior e Gabriel Menezes – Foto: Danilo Martins/OBemdito

A Polícia Civil de Umuarama divulgou na tarde desta segunda-feira (3) que está investigando um possível estelionato com várias vítimas totalizando um prejuízo superiores a R$ 4 milhões – apenas uma das vítimas teria repassado ao golpista R$ 1,34 milhões.